SAIBA UM POUCO  DAS DOENÇAS  VAGINAIS


Candidiase - Candidas , como vencer naturalmente


Aqui está uma lista de sintomas comuns que acompanham uma crise de candidíase:
- Coceira
- Irritação
- Vermelhidão
- Sensação de queimação
- Corrimento com odor
- Queimação ao urinar
- Dor durante o ato sexual



A Cândida Albicans e a Cândida Tropical, ou simplesmente Candidíase são os nomes que recebem as leveduras comuns que as vezes se encontram no intestino e em certas membranas mucosas, por exemplo na garganta. Todo mundo tem Cândida no corpo, de certo modo: já nascemos com ela!A candidiase é certamente uma doença moderna, como resultado de certas inovações médicas moernas tais como os antibióticos e a pílula anticocepcional e uma dieta demasiadamente “civilizada” de comida excessivamente rerfinada e muitos doces. Nos círculos naturopáticos esta doença é denominada de “doença dos doces”.Por Stephen Bryrnes, N.D.,R.N.C.P.Candidiase - Candidas , como vencer naturalmente





A levedura Cândida, em geral, pode viver perfeitamente em paz entre a fauna intestinal, como por exemplo as bactérias acidophilus e bífidus, são precisamente estes residentes bacteriológicos que tem a cândida sob controle, prevenindo seu crescimento excessivo. A função da levedura Cândida no corpo é principalmente eliminar qualquer resto de comida corrompida que existe em nosso sistema digestivo (isto causado principalmente pela má digestão e devido aos ácidos nos estômago). E evitar assim que qualquer bactéria daninha possa causar leveduras (ou fungos) que a multiplicação possa ser objeto de ameaça para nossa saúde. Uma vez mortos, a Candida trabalha descompondo o corpo, alimentando-se da natureza já morta, algo assim como atuam os fungos, mofos, etc. Em um arbusto caído e morto.
Causas e Sintomas


A candidíase como tal, não foi reconhecida ou definida até os anos oitenta, principalmente porque os sintomas eram de uma natureza muito variada e duplos como os de outras doenças, levando os médicos a crer que o paciente sofria de, por exemplo, sinusite, em vez de realmente
Candidíaseuma filtração de leveduras nas fossas nasais. De maneira adicional, já que uma das principais origens da candidíase são precisamente os antibióticos prescritos pelos médicos e que matam, por sua vez, a bactéria “benéfica” intestinal que serve para controlar a Cândida, os profissionais médicos, provavelmente eram um pouco reacionários no princípio em admitir a existência desta doença.


Os diagnósticos da cândida estava limitado a suas manifestações mais visíveis, por exemplo, infecções (de leveduras) vaginais e orais. O tratamento era dirigido a erradicar essas mesmas condições sem que se tentasse erradicar o que era na realidade a raiz do problema e muito mais grave, a infecção em si.


Os sintomas da candidíase em um nível de segurança varia de pessoa para pessoa, porém os principais são: fadiga crônica, especialmente depois de comer, depressão, vontade de comer alimentos como pães e doces (a levedura adoram doces), troca de humor extremos, sentimentos de raiva (e agressividade), especialmente depois de comer alguma comida doce, sentir-se “embriagado” depois de comer uma comida com grandes concentrações de carbohidratos, o elemento para o desenvolvimento da cândida é álcool: hipoglycemia, mucosidade excessiva na garganta , nariz e pulões, infecções de fungos na pelo (pés de atleta, fungos variados) infecções vaginais e orais, diarréias, perda de memória , ou lapsos de tempo, sentir como “zumby”, sensação de inchasso e gazes após as refeições.

Além destes sintomas se pode experimentar hinchasso no sistema linfático, dores do tipo menstrual, suores noturnos, dores no peito e articulações, perda de memória, pouca cordenação, visão ofuscada, dores de cabeça , insônia, alergia a comidas são bastante comum. A pessoa tende a estar muito sensível particularmente em condições ambientais de umidade (mofo) e as vezes, a humidade que deixam as colônias, perfumes até o fumo do tabaco, tendo em conta de que a cândida pode filtrar-se através do conal urinário, pode as vezes causar infecções graves nos rins, cistites e prostatites.
 Seguinte classificação das ervas podem ser de ajuda:


O alho, por si só é um poderoso componente antifungo (fungicida) e estimulante do sistema imunológico.
O alho pode ajudar entre outras coisas no tema do estreñimiento,l gases, mucosidade excessiva e também na limpeza dos sangue. É um antiparasitário e também hipotensivo.m Algumas pessoas são sensíveis ao alho, e neste caso é melhor toma-lo em doses pequenas para saber que efeitos secundários podem ter.
Se não houver nenhum o melhor é incluindo generosamente em cada dieta de cada dia. Se preferir pode ser ingerido em cápsulas, melhor encontrada do tipo recobertas porá assegurar-se de que o alho começa a liberar-se da cápsula somente quando estiver no intestino que é onde se encontra a cândida.

Tem muitos produtos á venda para a Candidíase e por vezes faz falta informação que ajude a escolher qual o melhor produto para eliminar a Cândida. É aconselhável que se procure informação sempre sobre o seu problema seja qual for e na Candidíase não é diferente. Cada pessoa é diferente e igual com a Candidíase. Até pode ser a mesma levedura mas a origem, a disseminação, o sistema imune... são tudo factores que variam de pessoa para pessoa e mesmo a candida tem várias estirpes.


Conhecer-se a si próprio e informar-se sobre como aparece e como actua a Candidíase é uma forma de a combater e de adquirir dados que possibilitam escolhas terapêuticas mais adequadas
Se você está passando por uma crise esporárica ou mesmo sua primeira crise, o ideal é seguir as orientações médicas e utilizar os remédios farmacêuticos disponíveis para aliviar os sintomas. Esteja ciente de que mulheres têm candidíase diversas vezes na vida devido às mais variadas causas. A candidíase é uma doença como a gripe, pode atingi-la toda vez que seu sistema imunológico está fraco. Só há motivo para se preocupar se você está experenciando uma crise que não vai embora nunca ou episódios muito frequentes de candidíase. Nesse caso é muito importante deixar de medicar somente a candidíase e procurar descobrir qual a real causa da doença em seu caso específico, revertendo este problema.


                                  As causas são variadas, desde mudança de pH na vagina causada por estresse, ansiedade, mudanças emocionais ou mesmo uso de medicação para outras doenças e condições no corpo até alergias diversas, má alimentação (dieta rica em açúcar e carboidratos) e principalmente sistema imunológico debilitado         
                                                             



                                                                Doutoram


 
Support : Copyright © 2015. erreoy griega - All Rights Reserved