Home » » ACORRENTADA

ACORRENTADA

Passei por ti,tapavas o teu corpo 
Apenas o teu olhar pude reter
E nele o desejo proibido aflorava
Preso na indumentaria imposta
Um grito de revolta sufocavas
Mulher acorrentada por gerações
Numa luta pela liberdade de ser mulher
Continuei a andar,e comigo levei um olhar
O olhar de sonhos e desejos,contidos
Os sonhos que um dia a Nascente vão nascer.

J.C.


 
Support : Copyright © 2015. erreoy griega - All Rights Reserved